Make your own free website on Tripod.com

As sete cidades sagradas

  Os locais de peregrinação da Índia são conhecidos por tirthas, passagens entre este mundo e as esferas divinas. Uma tirthas pode ser um rio, tal como o Ganges, ou o pico de uma montanha, como o monte Kailasa, o mítico retiro de Xiva nos Himalaias. As tirthas dos Shaivites podem ser lingas de formação natural, como no caso do linga Armanath. Trata-se de uma estalactite que nas noites de lua cheia de Agosto leva milhares de peregrinos hindus a uma montanha perto da fronteira da Índia com o Tibete.Há várias tirthas que são lugares onde se diz que os deuses desceram à Terra, e que por isso podem funcionar como entradas para os peregrinos atingirem os reinos divinos.
Na Índia do hinduísmo existem sete cidades sagradas que constituem os principais centros de peregrinação:
Varanasi e Hardwar, no rio Ganges; Ayodhya, o local do nascimento de Rama; Mathura, local do nascimento de Crixna; Dwarka, onde o Crixna adulto governou como rei e onde nasceu; Kanchipuram, a grande cidade-templo Shaivite de Tamil Nadu; e Ujjain, local em que, de doze em doze anos, se realiza o festival Kumbha Mela.


Para mais informações contacte-nos:
E-mail:  Rita
              Dora

Back to main Page